Pergunta aos professores

O contato excessivo do jovem com a linguagem midiática (televisão, cinema, rádio, jornal, propagandas) interfere no aprendizado em sala de aula?

Veja abaixo a opinião de quatro professores do Ensino Médio. Eles, que se propuseram a participar de uma pesquisa que realizei em 2010, lecionam em escolas particulares de São Paulo e toparam contar suas impressões sobre a relação mídia-educação.

A pesquisa que realizei teve como grande foco de discussão o uso da propaganda em sala de aula. Ao todo foram 8 professores entrevistados e mais de 200 alunos do Ensino Médio. Se quiser conhecer o estudo na íntegra, clique aqui.

 Selecionei algumas respostas que obtive durante a conversa com eles. Vamos conhecer a opinião de cada um e nos diga você também: O contato excessivo dos jovens com conteúdos midiáticos interfere no aprendizado em sala de aula? Como interfere?

“É difícil precisar, só temos suposições. Muitas vezes aparece na produção do texto, principalmente dos mais novos, frases prontas, clichês, bordões, e sabemos que isso é a exposição a um discurso midiático. Eu particularmente não acho que isso seja um problema, muitas vezes o problema é não haver contraponto, é só a linguagem da TV, ou só a linguagem de portais de relacionamento da internet. Especificamente eu não vejo problema nem em uma coisa nem em outra, mas a falta de contraponto é um problema” Professor Davi (Português)

“Interfere com certeza, pelo seguinte: o aluno está sendo bombardeado com todos os meios de comunicação e eu percebo que não existe maturidade suficiente para ele fazer um filtro daquilo que é efetivamente significativo, necessário e que vai contribuir para alguma coisa na vida dele, pode até não contribuir, mas o filtro não é feito, então o aluno vira um receptáculo totalmente aberto” Professor Massao (Biologia)

 “Eu percebo duas grandes influências da mídia no comportamento dos alunos: primeiro o consumismo, a moçada, em função desse contato diário, consome violentamente: trocam de celular todo ano, por exemplo. E outra coisa que eu percebo é uma visão muitas vezes errada sobre as coisas… por que a mídia, o que a mídia faz? Ela se utiliza de truques para vender um produto. Então, por exemplo, para se falar de um produto qualquer ligado a saúde, eles colocam uma pessoa de avental e dão credibilidade e autoridade ao sujeito quando, na verdade, é uma mentira. O que você percebe é que essa moçada tem muita informação, mas não é capaz de selecionar aquelas que são corretas ou sérias e aquelas que não tem a menor importância ou credibilidade”  Professor Olympio (Química)

“A interferência que se tem é que os alunos estão cada vez mais visuais, o professor que só usa apagador e giz está meio fadado, com o tempo, a desaparecer. Nós temos linguagens fantásticas para explorar… E temos que explorar mesmo! O cinema, a internet, principalmente, é um recurso belíssimo para você montar a sua aula, e você acaba montando de uma forma um pouco mais visual do que simplesmente apagador e giz… Se estou falando sobre pontuação, especificamente da vírgula, vou até a internet e busco um vídeo falando sobre a vírgula, então eles vêem o movimento da vírgula, como a vírgula funciona, também posso pegar, por exemplo, um pedaço do show da Ivete Sangalo falando sobre a vírgula no meio do show… Falou várias bobagens… Eu acho que é isso, o encontro de todas essas linguagens! A influência? É total! Os alunos fazem parte desse movimento, de repente eles saem desse ataque midiático enorme e entram na sala de aula com apagador e giz… Há uma quebra cada vez mais forte do que a escola representa, do que ela é para a sociedade… A escola precisa se modernizar o quanto antes, para que ela não perca o pé inclusive na questão do aprendizado do aluno” Professor Luiz (Gramática e Redação)

Deixe a sua opinião!

Anúncios

Um pensamento sobre “Pergunta aos professores

  1. Não concordo com o professor Luiz, creio que tudo em excesso faz mal. O adolescente que já cresceu e continua crescendo nesse meio dificilmente deixará de vivenciar e usufruir de tudo isso que ele já tá acostumado e por esse motivo, a escola e o professor devem dar um “stop” em toda essa forma fácil de ensinar, aprender, pensar e usar todos esses meios apenas como uma ferramenta, já que o aluno já tem como rotina.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s