Incentivo à leitura na era digital

Sabemos que o gosto pela leitura desenvolve-se, principalmente, na infância. Exatamente por isso o trabalho com livros sempre teve enorme espaço dentro da sala de aula, contudo, agora vivemos uma nova realidade em que o alunos atraem-se muito mais pela linguagem digital e acabam desviando o olhar da linguagem impressa.

Frente a este cenário, a pergunta é: Como despertar o interesse pela leitura em um mundo marcado essencialmente pela linguagem digital?

Não pense que essa é uma pergunta impossível de ser respondida! Já existem diversas plataformas que buscam atrair o olhar do “jovem digital” para a leitura do livro impresso…

Por meio de vídeo clipes, seriados, páginas especiais na internet, filmes, cartoons, músicas, compartilhamento de trechos de obras no twitter e perfis de personagens no facebook o jovem entra em contato com obras da literatura e fica tentado a conhecer melhor tudo aquilo que está vendo e ouvindo. 

Entretanto, para conhecer melhor ele, logicamente, deverá recorrer à obra original. Assim, todas essas possibilidades de apresentar obras literárias aos jovens poderiam ser definidas como “teasers” que levam à obra original.

O objetivo não é, portanto, substituir a obra original, mas sim despertar o interesse do aluno por ela.

Vamos dar alguns exemplos de projetos que trabalham a fim de promover o interesse pela leitura na era digital.

Você conhece o Instituto Canal do Livro? Trata-se de uma associação sem fins lucrativos que tem o objetivo de incentivar a leitura por meio de objetos educacionais na internet e capacitar educadores no uso de recursos digitais. O Insituto tem o “Canal “Videoclip“, uma biblioteca digital que disponibiliza clipes de obras literárias de grandes autores, como Jorge Amado, Manuel Antonio de Almeida, Machado de Assis, Eça de Quiroz, entre outros. A biblioteca já é utilizada por mais de 300 escolas em todo o Brasil.

O Projeto “Mil Casmurros“, por meio da interatividade, também tem como grande finalidade a promoção da leitura! Na página, a grande proposta é “escolha seu trecho, grave e compartilhe”. A ideia foi da Rede Globo e o site era uma maneira de promover o seriado “Capitu” transmitido pela emissora (também uma forma de atrair o olhar do espectador para a obra original). O seriado já terminou, mas a página continua no ar e é um espaço extremamente interessante para atrair o olhar dos jovens para a obra “Dom Casmurro”, de Machado de Assis.

Para terminar, deixamos abaixo a simulação do perfil de “Bentinho” no Facebook, feita pela ilustradora Beatriz Carvlho. Ele, que é personagem do romance “Dom Casmurro” (1899), ganha vida dentro do contexto digital e assim vemos mais uma maneira de trazer obras literárias e o estímulo à leitura aos jovens que estão, grande parte de seu tempo, conectados, trocando informações e experiências nas redes sociais.

Por meio de perfis de personangens em redes socias os alunos podem conhecer um pouco sobre cada personagem, do que eles gostam, o que  fazem, qual a relação entre eles… E assim terão interesse em saber mais e poderão migrar da plataforma online para a obra original!

Anúncios

Um pensamento sobre “Incentivo à leitura na era digital

  1. Sensacional!!!

    Gostei muito do perfil do “Bentinho”, dei muitas risadas!

    Estou usando este site + o perfil do “Bentinho” como fonte de pesquisa para meu TG

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s